Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



 

Já várias vezes falei aqui no blog que a gigante cicatriz do Manel na cabeça foi apelidada pelo Kiko de "risca".

 

A risca não é um desenho pequeno e muitos meninos  ficam intrigados e disparam mil perguntas.

 

De dia para dia (e com o crescer do cabelo em volta) vou-me habituando à marca. Em bom rigor a risca até é sinal das cirurgias que deram mais qualidade de vida ao Manel. A risca por si não é um sinal da doença, mas da nossa batalha contra essa maleita... é uma marca de guerra e devemos ter orgulho tal como os soldados exibem as suas cicatrizes.

 

Mas há sempre alguém que não consegue enfrentar a risca e uma vez, em conversa, foi-me até pedido para não tirar o chapéu ao Manel. Pela primeira vez senti na pele que a risca poderia colocar-nos barreiras. Sempre são fronteiras que se criam com as pessoas com quem não devemos perder tempo na vida, mas são barreiras que de outra forma eu não entenderia.

 

Não escondo que também já falei aqui muitas vezes sobre o Cristiano Ronaldo e de como fui simpatizando mais e mais com a sua determinação e amor pela sua Mãe.

 

Ontem não deixei de reparar no seu corte de cabelo. Hoje fico mesmo sensibilizada por perceber que o Cristiano quis prestar uma homenagem a um menino de "risca" como o Manel.

 

Obrigada Cristiano!

 

 

A probabilidade de ganharmos o Mundial se calhar é a mesma de descobrirem a cura para a esclerose tuberosa nos próximos anos. É bom saber que alguém se preocupa com meninos das "riscas" como o Manel.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Estou para crer que o Cristiano Ronaldo nunca teria chegado tão longe sem o apoio desta super Mãe que o acompanha para todo o lado. A ver se alguém fala da Mãezinha do Messi.

 

És grande D.ª Dolores!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Menino de ouro

13.01.14
Dizem que os Homens não choram.

A partir de hoje tive a certeza... Só os Homens de ouro choram!

Parabéns Cristiano Ronaldo!

Parabéns Dona Dolores

Autoria e outros dados (tags, etc)

Confesso que de início estranhei… não gostei do ar demasiado confiante. Também não ajudavam as manas “Ronaldas” sempre na sombra da fama e as fãs histéricas que o achavam lindo enquanto eu não descobria nada de fascinante no miúdo depilado e de diamantes nas orelhas.

 

Com o tempo fui percebendo que a ambição e o trabalho árduo do rapaz madeirense o faziam mesmo chegar mais longe. Não é um génio da bola só por ser ou por ter um penteado sofisticado, dizem que é o primeiro a chegar aos treinos. Mas eu não estou aqui para gabar dotes futebolísticos com análises superinteressantes de bola, pois nem me comparo às intervenções da Cinha Jardim em programas de futebol.

 

Mas quero aqui sublinhar que me comove a relação  do Cristiano com a Dª Dolores, sempre presente na vida do rapaz que podia muito bem ter optado por viver na fama escondendo as suas raízes humildes. Acredito que aquela Senhora seja uma figura essencial para o motivar, o ligar à terra e a todos nós.

 

Aos poucos fui-me rendendo à solidariedade do Cristiano no apoio a doentes e desfavorecidos, às suas competências quase sobrenaturais em campo e àquela capacidade misteriosa de nos unir de orgulho ao vê-lo vingar além-fronteiras… mesmo quando tanta gente persiste em duvidar dos seus dotes e até forçam as luzes da ribalta a destacar outros. Quanto mais o tentam negar e esconder nos bastidores, mais despertam no Cristiano Ronaldo a vontade de vencer.

 

De facto, fiquei completamente perplexa com o anúncio da Pepsi no qual foram utilizadas estas imagens tão ofensivas

 

Felizmente sempre fui adepta fiel da Coca-Cola que se consagrou com a imagem do Pai Natal e não do Messi nem de imagens deploráveis anti-Cristiano.

 

Fiquei mesmo contente com resultado do jogo e ainda mais pelo desempenho do Ronaldo que fez calar tantas críticas e baixar tantos dedos que mesmo antes do jogo já estavam apontavam uma derrota.

 

Estamos orgulhosas de ti Cristiano Ronaldo!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

A manhã de hoje foi completamente alucinada!

 

À saída de um workshop organizado pela Operação Nariz Vermelho (do qual darei conta num próximo post) encontrei o Mister Paulo Bento e, para minha grande surpresa, a D.ª Dolores (Mãe do Cristiano Ronaldo).

 

Deixando na sua tranquilidade o Mister, importa aqui dar registo a este encontro épico com a Mãe do nosso Craque da Selecção:

 

A D.ª Dolores ajuda a confirmar o ditado: por trás de um grande Homem (Ronaldo) está sempre uma grande Mulher (não a russa da Irina, naturalmente, mas a poderosíssima e sempre presente D.ª Dolores).

 

Após uma breve prosa entre ambas, a Senhora afeiçoa-se a mim de tal forma que já me queria tratar por norinha. Posto isto, educadamente  expliquei que apesar de gostar muito do Ronaldo, bolo do caco e brisa de maracujá, sou uma mulher muito bem casada (felizmente com um homem que até não usa Clutch, vulgo pochete).

 

Nas revistas nunca vemos a Irina assim abraçada à futura sogra, "de maneiras" que espero que máfia russa não venha atrás de mim!

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D