Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Estaminé

03.10.13

Ainda me estou a habituar ao ambiente menos urbano do meu estaminé do Estoril.

Aqui já não oiço os grupos das manifestações que tantas e tantas vezes desciam a Avenida da Liberdade, não me envolvo no trânsito do centro da cidade, nem sequer dou um olhinho na montra da Prada ou da Louis Vuitton (só ver, claro, que sou tão tacanha que nem nunca cheguei a entrar para cheirar as peles das malas).

Agora trabalho no primeiro andar de uma moradia antiga, já velhota mas que gosto de dizer que tem um ar vintage. Fica a 5 minutos de carro das minhas crias, com um percurso com direito a vista mar! Tenho aqui na Rua um único restaurante que se chama “Leitaria do Estoril”, daqueles que têm um ar cosy de tão tascoso. O Senhor velhote da loja das fotografias já me conhece e diz-me sempre bom dia Menina.

Hoje até ouvi a flauta de um amolador (sim daqueles que vagueiam por aí de bicicleta) e lembrei-me da minha Avó Augusta que se apressava sempre a recolher meia dúzia de facas e a pedir conserto do guarda-chuva. Ai que saudades boas!

Sempre vivi nestas bandas e agora sinto que ainda faz mais sentido viver aqui e saborear isto tudo, sem ser apenas ao fim de semana.

Obrigada Manel por me teres obrigado a adaptar a minha vida para me centrar mais em ti e no Francisco, acabando por disfrutar de um abrandamento do ritmo que agora já sou eu e tu que marcamos.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D