Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Passaporte

10.03.14

Marcámos férias.... Xiiiuuuu não vão as doenças velhacas ouvir-nos.

 

No ano passado tínhamos marcado uns dias de férias em Valência, mas perdemos o avião devido a um internamento inesperado. Custa perder um avião, mas ainda mais quando aquelas férias tinham o significado de fuga para uma vida normal.

Desde o Verão que não gozamos férias e sentimos que não foi só o tempo que passou, foram dias que nos marcaram e envelheceram mais um pouco nas aflições daquela vida de hospital que não escolhemos.

Vamos tentar ir de férias, gozar do Sol e aquela alegria despreocupada dos dias de praia em que os horários e pratos de sopa deixam de ter importância e só temos cuidado em colocar chapéus e protector solar.

 

Não foi, contudo, nada fácil tirar o passaporte do Manel. Ninguém da fila teve respeito e paciência em esperar pela sorte de um bebé olhar quieto para o ângulo certo. Tentamos ignorar os que sopram e batem o pé e os atrevidos que opinam para que se tente fazer assim ou assado. Depois aparece a típica Senhora irrepreensivelmente bem vestida mas despida de boas maneiras. Interrompe para saber se terá prioridade. Interrompe novamente com ar esperto para ter a certeza que sim. Interrompe novamente para que lhe expliquem apenas uma questão na vez que sabe não ser a dela. Manel chora e desistimos.

É apenas o passaporte, mas é tão necessário. Devido a circunstâncias especiais, excepcionalmente permitem que enviemos por email a foto. Mas saímos desolados nem tanto pela falta de cooperação do Manel que tão bem compreendemos, mas amargurados pelo desrespeito dos outros. Já passou, agora já não nos interessa. Interessa-me que as doenças entrem em modo pause e começar a sentir a vontade de riscar os dias até ao nosso voo e de escutar aliviada o som do carimbo no tão desejado passaporte. 

 

Queremos ir de férias. Merecemos ir de férias e dançar e abanar os tumores sem pensar neles. Só queremos sentir que desta vez somos nós que controlamos um pouco as doenças e nos desligamos delas.

Vamos ter fé que desta vez embarcamos e o Sol será nosso.

 

Site Meter

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D