Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Carnaval!

27.02.14

O Francisco já anda em pré-folia Carnavalesca.

Na Segunda-Feira cheguei a escola e encontrei-o cheio de graça, encarnando descomplexado um Palhaço feliz:

 

Na Terça Feira foi dia de o encontrar com uma faixa na cabeça. Perguntei se era o Rambo ou o Jake o Pirata, mas respondeu-me que era uma Tartaruga Ninja. As crianças têm esta capacidade de brincarem naturalmente ao faz de conta, bastando uma faixa de tecido para se tornarem numa outra personagem. O Francisco até ficou espantado, como era possível eu não ter percebido logo que estava perante uma Tartaruga Ninja. Então não se via logo pela faixa e pelos golpes de luta feitos no ar? Para o Francisco não seria necessário mais nada eu ter de adivinhar.

 

Os fatos para o Carnaval deste ano já foram escolhidos e comprados (estou com aquela sensação de ter tratado das prendas de Natal até 15 de Dezembro, ufa!).  No ano passado o Francisco e o Manel fantasiaram-se de piratas. Agora o Francisco voltou a frisar que teriam de se vestir de igual ou formar algum duo. Felizmente a escolha não recaiu no recorrente Homem Aranha ou Zorro (mais uns aninhos e não escapamos aos célebres heróis) que são espectaculares mas um bocadinho óbvios, não tendo até qualquer graça na idade do Manel que ainda não os interpreta e encarna. 

Na Disney Store o Francisco não teve dúvidas. Os manos vão transformar-se nos monstros assustadores mais queridos de sempre:

 

O Francisco encarnará o monstro verde (Mike) com um fato muito original e o Manel vestirá a pele do monstro azul, Sully (com um fato confortável, parecendo um babygrow peludo, com cauda e um capucho com a face do monstro que facilmente desliza para trás estando ali sempre pronto a colocar na cabeça para assustar alguém).
Os fatos da Disney não são baratos, é verdade, mas têm uma qualidade excepcional e acima de tudo, são originais e muito confortáveis. Nestas idades é importante apostarmos em máscaras e fantasias que não obrigam a pinturas de caras e os deixam à vontade para brincar, rastejar no chão, pular e assim serem os grandes foliões da festa. Para as meninas os fatos de princesas da Disney são lindos e lá encontram o kit completo, tiaras, bolsas e sapatinhos com brilhantes e pedras "preciosas" que em nada desapontam e as deixam ao nível das princesas de verdade. Nessa ocasião, aproveitei para trazer também o filme dos Monstros na Universidade (só tínhamos o primeiro filme da Companhia) e o Francisco todos os dias pede para ver o filme e assim repete as lições e aulas nas quais o Mike aprende técnicas de se tornar assustador. Mas o engraçado é que o Mike é um monstro amoroso, pequenino, e tal como o Francisco tem imensas ideias fantásticas mas não assusta ninguém. Sempre que assiste ao filme faz questão de explicar ao Manel que serão os dois estes monstros no Carnaval.
Os fatos de Carnaval lá em casa são encarados como um investimento. No dia de Carnaval serão orgulhosamente estreados, mas depois do Entrudo poderão ter uso nas brincadeiras de casa e até na escola. Sim, as Quintas Feiras na escola são oficialmente o dia do brinquedo de casa, no qual a escolha pode recair sobre um brinquedo mas também sobre uma fantasia, motivando a imaginação dos pequenos no faz de conta.
O Carnaval será isto mesmo, uma festa do faz de conta em que a todos é permitido ser um monstro, princesa ou herói, desde que se viva o dia em folia.
Eu não me vou mascarar, mas entretanto experimentei esta semana uma aula de zumba (mistura de aeróbica com danças latinas) e suei sem esforço toda entretida nas coreografias, descobrindo que afinal existe Zumba para lá da caneca da Tonicha. Nesta minha vidinha simples,  ir a uma aula de Zumba foi como fechar os olhos e voltar ao Brasil em viagem de finalistas.... sendo que olhei para a frente e encontrei três velhotes felizes a abanar a anca em calções de lycra (pareciam possuídos, como se estivessem numa folia de festa em Cruzeiro). Uma alegria de aula cheia de ritmo e sorrisos. Vou ponderar seriamente sugerir ao Ginásio que apostem numa aromaterapia simultânea do estúdio, com cheiro a caipirinha no ar! Já descobri como ter um Carnaval todas as semanas.
Site Meter

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D