Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Sweet December

01.12.13

 

Ontem o  Francisco foi dormir com a promessa  que hoje seria o dia de montarmos e enfeitarmos a nossa árvore de Natal… Assim que acordou levantou-se e ainda de olhos mal abertos perguntou-me ensonado:

- Mamã é hoje que fazemos a árvore de Natal não é? – sublinhando este não é como quem suplica a confirmação da alegria.

 

Os 4 anos são uma idade mesmo engraçada e o rapaz já quer ajudar em tudo, achando-se mais indispensável do que um MacGyver! Não perdeu pitada da experiência e foi logo encasacado até às catacumbas da arrecadação ajudar a trazer as caixas.

Chegou vitorioso, como quem sabe montar árvores sem ter de verificar sequer a ordem de ramos… por ele espetavam-se 3 e despachávamos logo a estrela no topo. O Francisco passou o tempo todo a pedir colo para colocar a estrela no cimo, mesmo quando ainda só tínhamos duas filas de ramos em baixo.

O Manel nem refilava (muito), apesar de preso na cadeira, ficava atento ao rebuliço e às músicas de Natal.

Os olhos de Francisco duplicaram assim que testámos se as luzes funcionavam, seguindo-se uma admiração e curiosidade ainda maior assim que tirávamos bolas, estrelas e bonecos das caixas. Enquanto penduro qualquer coisa na árvore sou obrigada a não tirar os olhos do Francisco que no mesmo ramo coloca uma bola grande (a Mãe) com uma minúscula por cima (o filho).

No final ficamos todos admirados e orgulhosos, sentindo a sala mais confortável… Apesar das 11.30 da manhã (uma empreitada destas é grande, mas torna-se num despacho para quem acorda pelas 8.00), já nos apetecia antever a noite e as luzes mais resplandecentes como fundo dos nossos serões.

 

Sou uma pirosa que adora luzes e espreitar as janelas dos vizinhos e as respectivas decorações. É incrível como o vizinho sério afinal monta umas luzes psicadélicas na varanda… e ver o bom gosto da vizinha que colocou uma árvore no exterior tão bem iluminada. Até no facebook podemos espreitar os pinheiros dos amigos e eu hoje fui brindada com uma árvore especial (da minha mana) montada em Angola, com 30 graus, mas uma meia polar fofuxa ali pendurada em baixo… e nós aqui cheios de frio mas também aquecidos pelo mesmo espírito.

 

No final do dia, comovo-me ao olhar o interesse do Manel pelas decorações e luzes e rever-me na excitação do Francisco com a abertura oficial do seu calendário de Dezembro em chocolate.

Com tantas saudades recordo o ritual da abertura de portas (sempre sem batota nos dias) mas com imensa discussão pela disputa de um chocolate em proporção de 1 para 3. Ter duas irmãs e um calendário apenas obrigava-nos a dar ainda mais atenção a quem tinha a sorte de abrir a porta ou comer o chocolate. Que saudades doces agora revividas com o guloso do Francisco que está ansioso por devorar este mês de Dezembro!

 

Site Meter

Autoria e outros dados (tags, etc)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De dn a 01.12.2013 às 23:54

tão bom... eu tb adoro a árvore, as luzes e estou aqui no escuro da sala a olhar para a árvore acesa.
e ao ler o teu post só pensava: que bom teres a família toda unida em casa e ver esses sorrisos maravilhosos :)
Imagem de perfil

De Monica a 03.12.2013 às 15:22

estes momentos não têm preço! e este ano o Natal tem mesmo outro sabor por estarmos todos juntos :)

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D